3 Aspectos Que Você Deve Avaliar na Hora de Contratar Uma Empresa de Energia Solar

3 Aspectos Que Você Deve Avaliar na Hora de Contratar Uma Empresa de Energia Solar

Bem, se você está pensando em investir em energia solar e está em dúvida sobre qual empresa escolher, veja aqui o que deve ser levado em conta na hora de contratar.

Não há muita novidade. Mas é importante relembrar os velhos conceitos e aplicá-los às novas tecnologias.

Quando vamos comprar um computador por exemplo, existe sempre muitos aspectos à serem analisados, por exemplo, tamanho da tela, sistema operacional, marca, assistencia técnica etc, etc, etc. Com os sistemas Fotovoltaicos não é diferente.

Com a Energia Solar crescendo explosivamente no Brasil, várias empresas surgiram neste segmento e outras ampliaram suas atividades para atuar também neste setor. Uma coisa é certa, todas as empresas são novas, mas algumas já tem muitos quilômetros rodados, e sobra experiência, enquanto outras estão apenas começando e por certo chegarão lá também.

 

EXPERIÊNCIA

Em Setembro de 2015, dimensionamos um sistema Fotovoltaico para uma casa que havia sido recém adquirida, cujos proprietários ainda não haviam se mudado para lá.

Neste caso o dimensionamento foi baseado na estimativa de consumo, levando em consideração o perfil familiar, a média de consumo atual e os novos eletrodomésticos que aumentariam (ou diminuiriam) na composição da nova residência.

Neste caso específico, a arma mais poderosa que foi usada foi a experiência. Isso porque a casa não havia histórico de consumo e na casa anterior funcionava também uma fábrica de embalagens, ou seja, não havia menor possibilidade de distinguir o consumo da casa com o consumo da fábrica.

De maneira geral, não há precisão absoluta nos dimensionamentos fotovoltaicos, ainda que utilizamos todas as ferramentas possíveis e disponíveis, os estudos realizados são baseados em fatores climáticos registrados em anos anteriores, e podem sofrer variações. Imagine isso somado ao fato de o consumo também ser estimado.

Este tipo de dimensionamento requer um pouco mais de cautela dos engenheiros responsáveis, e isso foi feito. Após o dimensionamento, foi recomendado a compra de um inversor que possibilitasse uma expansão futura da geração daquele sistema, e caso necessário, pudesse ser adicionado mais módulos para aumentar a geração média mensal e suprir o consumo excedente.

Batata, ao se mudarem para a casa, o filho mais velho do proprietário estava estudando para um vestibular de medicina, em pleno verão, com temperaturas próximas (e as vezes superior) aos 40°C. O resultado disso foram 3 ar condicionados ligados durante a noite, e 1 durante o dia todo, e um consumo médio acima do dobro do estimado anteriormente.

Evidentemente que a situação do vestibular era transitória, e também imprevista no dimensionamento, mas interferiu diretamente no equilíbrio GERAÇÃO X CONSUMO.

O sistema instalado na residência poderia ser expandido para atender mesmo essa alta demanda da residência e equilibrar a balança, mas não foi realizado por outro motivo: O filho foi aprovado no vestibular de final de ano e o consumo médio voltou para a área de cobertura da geração solar fotovoltaica.

Dessa forma, o cliente não precisou investir para "sobrar energia" (inicialmente), e caso seja necessário a expansão, os valores investidos serão somento com módulos, todos os demais componentes não precisarão ser alterados. 

 

QUALIDADE

A qualidade pode ser observadade duas formas, primeiro pelos equipamentos que a empresa utiliza, em seguida pelos profissionais que realizarão os serviços.

Começando pelos equipamentos. Um fator importantíssimo à ser observado é a garantia que cada fabricante oferece, e claro, a assistência técnica.

As garantias foram praticamente globalizadas, todo mundo fornece a mesma garantia: 25 anos contra queda de eficiência dos módulos, 10 anos contra defeitos de fabricação, e os inversores possuem em geral 5 anos de garantia contra defeitos de fabricação. Esta é a regra do jogo, e quem não cumpre já está fora. 

Com relação aos serviços, pode ser observado pelo comportamento dos instaladores, se realizam improvisos, se cumprem as normas de instalação e também as normas de segurança.

Como descobrir isso antes de contratar a empresa? Falando com alguém que já tenha contratado essa empresa. Peça o contato de algum cliente e certifique como foi a experiência do cliente com essa empresa responsável pela instalação do sistema fotovoltaico. Investigue também como foi o comportamento após a instalação (se a empresa não sumiu do radar).

Um cliente de Fernandópolis contratou uma determinada empresa. A empresa elaborou o projeto instalou os equipamentos e não apareceu mais. Por fim, o cliente teve que contatar a concessionária, solicitar a vistoria e concluir o comissionamento. Portanto ligue, investigue. Vale a pena.

 

GARANTIAS

Agora, e se der pau no sistema após 3 meses de funcionamento? Simplesmente parar de funcinoar?

Na prática a realidade é diferente.  Algumas empresas cobram deslocamento para retirada do material, e recolocação dos mesmos. Outras cobram por KM, e assim vai. Imagine se for uma daquelas que somem antes mesmo da troca da medidor, você estará em más lençóis.

Daí entra a importância de saber a garantia que a empresa oferece principalmente após a instalação, quando certamente alguns problemas pequenos surgirão.

Digo certamente por que existe o fator concessionária, que às vezes esquecem de fazer a leitura da geração, as vezes esquecem que tem prazo para trocar a medição do cliente, as vezes enviam duas contas. As vezes acontece algo que o cliente não tem controle e não sabe como reagir. Nesse momento é importante que a empresa instaladora esteja sempre por perto e disposta à ajudar. E isso deve ser avaliado antes da contratação. 

A melhor maneira de trilhar um caminho desconhecido é conversar com alguém que já tenha trilhado esse caminho.

No mais não há o que temer. Boa sorte e um bom sol para a sua casa.